Dicas para produzir com mais sustentabilidade.

quarta-feira, Dezembro 16, 2020
Dicas para produzir com mais sustentabilidade.

Em 2020, agricultores de várias regiões do Brasil sentiram na pele os efeitos das mudanças climáticas em suas lavouras. Foi um ano intenso em todos os sentidos e buscar soluções para se reinventar é sempre muito importante.


Diante desse cenário, o que podemos fazer para que a sua produção se torne ainda mais rentável e, ao mesmo tempo, consciente? É fundamental que a economia e o meio ambiente andem juntos. Por isso, confira algumas dicas sobre agricultura sustentável a seguir e comece a colocá-las em prática:


Compostagem - Essa técnica consiste no aproveitamento de resíduos orgânicos e produção de adubo por meio da compostagem. Com ela, você supre a terra com nutrientes e minerais como o nitrogênio, fósforo, potássio, cálcio, magnésio, enxofre, entre outros. Esses componentes são absorvidos pelas raízes das plantas e fornecem maior variedade de adubos disponíveis para as culturas.


Sistema de energia solar - A energia limpa possui baixo custo de manutenção e reduz custos para o produtor através de painéis solares que transformam energia solar em calor. Essa forma de energia tem sido cada vez mais difundida. Em regiões onde a luz do sol é frequente, essa prática pode ser bastante viável.

Captação de águas das chuvas - Para um uso adequado e sustentável da água, é necessário implementar sistemas de gestão e planejamento para captar a água das chuvas. Essa é uma opção economicamente viável para o produtor rural. Neste sistema, basta instalar alguns materiais para a coleta, como canos de PVC, bambu e calhas. No entanto, após ser coletada, a água deve ser filtrada para eliminar a sujeira, podendo ser usada na irrigação e limpeza dos galpões. 


Irrigação com sistema de gotejamento - Essa prática de vazão lenta e permanente reduz o consumo de água, diminui a quantidade de ervas daninhas e fungos e ainda pode melhorar a qualidade e o rendimento da sua cultura. 

Sementeiro de cultura para adubação verde - Esse sistema incorpora restos de plantas ou ervas daninhas ao solo, repondo a matéria orgânica para melhorar a qualidade da terra, a retenção da água e a fertilidade do solo.


Descarte correto das embalagens - É muito importante que os agricultores façam o descarte correto das embalagens dos defensivos agrícolas usados no dia a dia da produção. O agricultor deve lavar os recipientes e entregá-los ao local de recebimento indicado pelo revendedor na nota fiscal, que envia as embalagens para a reciclagem ou incineração.


Sistema de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) - Trata-se de uma estratégia de produção que integra, em uma mesma área os sistemas produtivos agrícola, pecuário e florestal. A ideia é otimizar o uso da terra, a fim de aumentar a produtividade, diversificar a produção e reduzir a abertura de novas áreas. A John Deere é uma grande entusiasta desse modelo, que tem tudo para desenvolver ainda mais o agronegócio. Saiba mais sobre esse sistema neste link.


Internet das Coisas (IA) e Agricultura de Precisão (AP) - A tecnologia tem sido uma grande aliada do campo principalmente nas últimas décadas. Vários agricultores brasileiros já aderiram a Inteligência Artificial (IA) ou Internet das Coisas.
Através da Agricultura de Precisão, ocorre o monitoramento de dados em tempo real. Essas informações são captadas através de sensores, GPS e drones. Com isso, é possível monitorar o desempenho de máquinas, a qualidade do solo, o nível da chuva e a quantidade de água usada na irrigação. Assim, o agricultor pode escolher a melhor hora de plantar e colher e, assim, otimizar seus resultados.
A Veneza, através dos produtos John Deere, oferece máquinas que unem tecnologia e pessoas a fim de aumentar a produtividade em campo de maneira sustentável. Para saber mais sobre esse tema, clique aqui.


Rotação de culturas - Uma terra que planta uma única cultura tende a degradar e empobrecer o solo, gerando uma queda expressiva na produtividade. Como consequência, a produção passa a ser menor e mais vulnerável a pragas. Neste caso, a rotação de culturas se mostra uma ótima opção. Trata-se de uma alternância no plantio de determinadas espécies no mesmo terreno.
Essa prática garante melhor qualidade do solo e dos produtos colhidos no local. Vale lembrar que este revezamento de culturas deve ser definido através de um planejamento para que as culturas escolhidas sejam compatíveis com o solo, a região e os períodos que envolvem todas as etapas da produção.


Escolha bem o seu maquinário - É importante conhecer a fundo a marca que está por trás do seu maquinário e observar com atenção seus valores e práticas. Com essa atitude, você contribuirá para um planeta mais sustentável. A John Deere, além de oferecer produtos eficientes, também demonstra um profundo respeito pelo meio ambiente. Os processos operacionais da marca e os sistemas das máquinas produzidas permitem economizar energia, preservar a qualidade do ar e da água e eliminar ou reduzir o desperdício.


Precisou? Fale com a Veneza Máquinas!
E aí, quais das práticas acima você já conhece ou incorpora na sua lavoura? É bom lembrar que algumas das técnicas citadas exigem um investimento inicial, mas outras podem ser incorporadas de maneira simples e rápida.


Quer conversar com a nossa equipe e encontrar mais soluções para deixar a sua lavoura ainda mais sustentável e produtiva? Visite a Veneza Máquinas mais próxima. Será um prazer atender você. Se preferir, acesse https://oportunidadesveneza.com.br/maquinas, conheça as nossas soluções e envie um formulário com a sua dúvida ou pedido de orçamento para a nossa equipe.  

 



 



Share